quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Tal mãe...tal filha

olha essa cara de "ai como eu aguento isso?"

Dizem que ser mãe é padecer no paraíso, eu que o diga fui ser mãe justo de uma gatossoa(gata pessoa) explico: minha gata tem personalidade forte (saiu a mim a danada) que até parece uma pessoa e ela adora ficar na frente do espelho esnobando a própria imagem ..uma graça,mas outro dia deixou todo mudo de cabelo em pé, assim como a sua mamãe este ser que aqui posta ela resolveu por o pé na estrada sem mais...só porque encontrou um desses gatos de rua e se apaixonou jogou o conforto do lar para o alto e saiu pelo mundo acompanhando o bardo bem ao estilo mulher de malandro, passou dois meses fora de casa, conheceu o mundo e soube se virar muito bem sozinha (que orgulho) digo isso na calma agora porque foram dias angustiantes sem saber por onde ela andava, pois não é que num belo sábado ouvimos um miado(que até parecia ultimo suspiro)no quintal da vizinha dos fundos da casa do meu namorado, ele correu e a resgatou muito abatida,faminta, sem nenhum arranhão e grávida!!! Pois é como os filhos dão dor de cabeça!Mas enfim, depois dessa aventura ela não quiz mais por os pés para fora de casa e está muito bem obrigada( e abrigada ^^), e esnobe como sempre.Como se comportam seus filhhos bichanos, te dão dor de cabeça assim??

2 comentários:

Mulherzinha Sim! disse...

Passa lá no blog para ver uma pequena homenagem.

Beijos

Leo disse...

hahaha....vc comentou no meu blog há pouco tempo!

Obrigado pela mensagem!

Adicionei seu blog lá também!

Eu tô meio chateado sobre esse assunto "animais de estimação"...tenho uma cachorrinha que está com 13 anos...Ela está quase morrendo e é terrível isso, pois é como se ela fosse realmente da família.

A gente tem que saber aproveitar os momentos né? Pois o tempo passa tão rápido...

beijos